Projeto e Blockchain

TERRA

A blockchain Terra foi desenvolvida em 2018 por Daniel Shin e Do Kown, visando impulsionar a rápida adoção da tecnologia blockchain e criptomoeda por meio do foco na estabilidade de preços e usabilidade.

Terra busca se diferenciar através do uso de stablecoins indexadas a moedas fiduciárias como o dólar, aliando os benefícios das criptomoedas para fazer pagamentos seguros com criptografia, de maneira rápida e com baixo custo, mas trazendo a estabilidade diária dos preços das moedas fiduciárias, sustentando um ecossistema de finanças descentralizadas (DeFi).

Terra (LUNA) é uma Blockchain que torna o dinheiro descentralizado acessível para todos.

TERRA

Token LUNA

O token nativo da blockchain Terra é o LUNA.

Terra usa os tokens Luna para estabilizar o preço de suas stablecoins. Eles agem como garantia para as moedas estáveis emitidas no protocolo. Os tokens LUNA são queimados e emitidos algoritmicamente de acordo com a demanda de stablecoins.

Os detentores do token podem votar e enviar propostas de governança. Isso confere a ele o status de um token de governança.

Terra (LUNA)
Terra (LUNA)

Diferenciais

Tokens

Economia deflacionária
Economia deflacionária
Donos dos tokens têm governança na rede
Donos dos tokens têm governança na rede

Rede

Taxas baixas
Taxas baixas
Liquidação instantânea
Liquidação instantânea
Intercâmbio internacional
Intercâmbio internacional

Mecanismo de Consenso Proof of Stake

O blockchain Terra funciona graças ao protocolo de Prova de Participação ou Prova of Stake (PoS), então os validadores de bloco devem fazer staking de tokens LUNA, para poder votar e validar blocos dentro da rede. Esta é a principal funcionalidade do token LUNA, garantindo o bom funcionamento e a segurança da rede Terra.

Proof of stake

Agora é só você negociar LUNA na BitPreço