O que é PancakeSwap e como utilizar essa exchange descentralizada

Com a popularização das finanças descentralizadas, ou DeFi, consequentemente cresceram em popularidade as exchanges descentralizadas (DEX). Uma das mais famosas DEX da atualidade é a PancakeSwap, bem como seu token CAKE. Baseada na Binance Smart Chain (BSC), essa DEX chamou atenção pelas baixas taxas e por ser uma das primeiras da rede da Binance.

PancakeSwap é na BitPreço

Contudo, DeFi ainda é um terreno confuso para muitos. Desta forma, ainda que haja interesse de negociar em uma exchange descentralizada e adquirir tokens de projetos por meio destas plataformas, a falta de conhecimento ainda é uma barreira. Para isso, este guia vai explicar como utilizar a PancakeSwap. Você vai encontrar dentro deste texto:

  • O que é uma DEX: uma rápida explicação sobre como funciona uma exchange descentralizada;
  • O que é a PancakeSwap: uma breve descrição sobre o que é a PancakeSwap;
  • Criando e configurando sua carteira de criptomoedas: como habilitar sua carteira para navegar pela PancakeSwap;
  • Como negociar tokens e usar os pools: detalhamento de como usar a plataforma para negociar tokens, fazer staking e gerar liquidez.
  • O que é uma DEX?

    DEX é a sigla para exchange descentralizada. Como o nome sugere, uma DEX é uma plataforma onde é possível negociar diferentes tokens sem passar por um ponto centralizado. Ou seja, de forma simplificada, criptoativos deixam a sua carteira e novos tokens são recebidos. Note-se que não é necessário fornecer e-mail ou informar dados pessoais, bastando apenas ter saldo na carteira.

    Com o crescimento de DeFi, novas funcionalidades foram acrescentadas a estas plataformas. Opções de rentabilidade, bem como novos mecanismos de mercado foram implementados. Além disso, por serem descentralizadas, tais exchanges possuem uma flexibilidade maior para que tokens sejam listados — algo que, ao mesmo tempo, é positivo e negativo.

    Por exemplo, uma exchange centralizada (ou CEX) pode não querer listar o token de um projeto que não julgue confiável. Entretanto, investidores dispostos a correr o risco podem querer negociar este token. As DEX representam plataformas onde tais tokens podem ser adquiridos e negociados.

    PancakeSwap Coin

    O que é a PancakeSwap?

    Trata-se de uma DEX, baseada na Binance Smart Chain, onde é possível negociar tokens presentes na rede. O contrato inteligente de um token é acrescentado e, então, investidores podem começar a negociá-lo. É importante ressaltar que, uma vez que a PancakeSwap se baseia na BSC, é necessário ter Binance Coin (BNB) na carteira para custear as taxas da rede.

    De forma simples, essa é a PancakeSwap. Contudo, não é tão simples usar essa DEX como seria utilizar uma exchange centralizada. De qualquer forma, isso também não significa que seja difícil utilizar esta DEX para negociar tokens.

    O primeiro passo é você comprar e vender PancakeSwap (CAKE) na BitPreço

    E agora que você já negociou seus tokens CAKE, vamos acessar a exchange descentralizada da PancakeSwap

    Criando e configurando sua carteira de criptomoedas

    Conforme dito, esta parte não é algo do outro mundo, mas ela demanda atenção do usuário. Uma vez que o segmento de criptomoedas está repleto de golpes envolvendo engenharia social, todo cuidado é pouco. E o cuidado é necessário logo no primeiro passo: baixar a extensão da MetaMask.

    O site oficial da MetaMask é metamask.io, porém, é possível que sites falsos sejam criados com endereço muito parecido e uma réplica da página inicial. Preste atenção então se o endereço está correto e, só então, baixe a extensão. Ademais, lembre-se de escolher a plataforma correta na hora do download. Baixada a extensão, é hora da configuração!

    01

    Primeiro, é necessário uma carteira de criptomoedas para guardar tokens da rede BSC. Neste texto, a MetaMask será utilizada de exemplo, uma vez que ela é a maior carteira em número de usuários.

    02

    Para instalar a MetaMask em seu navegador, basta procurar por seu Plugin. Após adicionada, será necessário então configurá-la para que a rede BSC esteja disponível.

    03

    É importante ter atenção pois, como se sabe, transações com criptomoedas são irreversíveis. Assim, embora não seja nenhuma tarefa extremamente difícil, configurar sua carteira MetaMask requer atenção. Certifique-se de que os passos são seguidos corretamente antes de começar a movimentar tokens.

    Configurando a MetaMask

    Antes de começar a parte de configuração, vale um lembrete: anote suas palavras de recuperação em um lugar onde não haverá risco de perda. Caso você formate seu dispositivo e não tenha as palavras de recuperação, seus tokens serão perdidos para sempre. Ainda, vale ressaltar que não se deve anotar palavras de recuperação no computador ou em qualquer dispositivo digital, uma vez que um hacker pode acessar as palavras em caso de brecha de segurança, também resultando na perda de suas economias.

    Anotadas as palavras, vamos à configuração! No canto superior direito, onde indica que a Rede Ethereum está sendo utilizada, haverá uma seta. Clicando nela, um leque de opções será aberto e terá a frase “RPC Personalizada”. Selecione-a para iniciar a configuração. Aparecerão cinco opções:

    Nome da Rede

    coloque o nome Binance Smart Chain para fácil identificação;

    Nova URL RPC

    esse link não pode estar errado! Inclua “https://bsc-dataseed.binance.org/”, sem as aspas.

    ID da Cadeia

    certifique-se de que será incluído o ID correto. Para usar a BSC, o ID é “0x38”, sem as aspas;

    Símbolo

    apenas para ser de fácil reconhecimento, preencha com BNB;

    URL Exploradora de Blocos

    nesta opção, insira o link “https://bscscan.com”, sem as aspas.

    Configurando sua carteira Metamask

    Preenchidas as opções conforme instruído, certifique-se de que as informações estão corretas e clique em “salvar”. Agora, já é possível depositar BNB para custear as taxas da rede, bem como outros tokens padrão BEP-20. Todavia, não se esqueça de verificar se a rede BSC está selecionada antes de copiar o endereço da carteira!

    Como utilizar os tokens?

    Após configurada sua MetaMask, é oficialmente possível acessar os serviços da PancakeSwap. Mais uma vez, tome muito cuidado com o endereço que aparece no navegador. Não é incomum que usuários desatentos selecionem sites falsos e incluam as informações de suas carteiras. O resultado é como o esperado: o grupo por trás do site falso drenará todos seus tokens.

    Para utilizar os serviços, confirme que está no site da PancakeSwap (https://pancakeswap.finance) selecione a opção Connect Wallet no canto superior direito do site.

    1. PancakeSwap
    2. Axie

    Comprar Cake

    Um dos usos mais comuns de DEX como a PancakeSwap é poder acessar tokens que não são disponibilizados em exchanges centralizadas. Para isso, é muito simples: basta selecionar a opção Trade na barra esquerda da DEX e clicar na opção Exchange. A imagem abaixo aparecerá para você:

    Comprando Tokens

    Se a sua intenção é apenas comprar ou vender tokens, não mude a opção Swap. A primeira opção é o token que você deseja utilizar para comprar um criptoativo, enquanto a segunda opção é o criptoativo que você deseja adquirir. Você pode utilizar qualquer outro token na troca. Desde BNB até stablecoins como CBRL ou BUSD.

    Importante: é possível que a mensagem de “liquidez insuficiente para essa negociação” apareça. Nesse caso, aguarde alguns instantes para que o protocolo atualize. Caso a opção não atualize após alguns instantes, de fato, não há liquidez para realizar a negociação.

    Basta preencher quanto você quer comprar ou quanto você quer vender e os valores serão atualizados automaticamente. Verificados os montantes, clique em Confirm e clique no ícone de sua extensão da MetaMask.

    Na extensão, será necessário confirmar definitivamente a transação. É possível que sua transação falhe em razão de um baixo valor de Gas. Caso isso aconteça, mude o padrão de 5 para 10 ou 15 e tente novamente. É importante entender, contudo, que o preço pago na taxa será perdido mesmo se a transação falhar.

    Como usar os pools

    Os pools são parte importante das exchanges descentralizadas, e não seria diferente na PancakeSwap. Basicamente, os pools funcionam como uma poupança, onde é possível deixar um token e receber rendimentos. Por exemplo, no momento da escrita deste texto, o pool de CAKE está dando rentabilidade de 91,35% ao ano.

    Usando Pools

    Isso significa que, ao longo de um ano, esse pool renderá 91,35% sobre o total de CAKE depositado. Contudo, tenha em mente que o rendimento é sobre a quantidade de tokens. Então, se você depositar 1.000 CAKE e retirar um ano depois, você terá 913,5 CAKE a mais, totalizando 1.913,5 CAKE. De qualquer forma, embora o retorno seja anual, os rendimentos são contabilizados a cada minuto e podem ser sacados — junto com o valor depositado — a qualquer momento.

    Pronto! Você aprendeu como negociar tokens e utilizar os pools da PancakeSwap para obter renda passiva de forma totalmente descentralizada. É importante ressaltar que este guia explica somente como utilizar a PancakeSwap, sem se aprofundar em conceitos DeFi mais elaborados e que demandam maior entendimento. Ou seja, trata-se de um guia mais prático, voltado a investidores que desejam mais facilidade para adquirir tokens.

    Só falta você comprar PancakeSwap (CAKE) no maior marketplace de criptomoedas da América Latina